(46) 3524-2653

amsop@amsop.com.br

Rua Peru Nº 1301 - Miniguaçu

Francisco Beltrão, PR

Seg / Sex: 8h às 17h30

FECHADO AGORA

Notícias

Amsop celebra 50 anos com livro histórico, homenagens e noite de reencontros

“Foi quase que um ato de rebeldia contra o governo”, sintetizou em seu discurso o ex-prefeito do Dois Vizinhos, Jaime Guzzo, fazendo uma referência à fundação da Amsop (Associação dos Municípios do Sudoeste do Paraná), em 1968. Guzzo foi o primeiro presidente da entidade, criada a partir de um encontro informal entre prefeitos da época: “estávamos em vários prefeitos num evento de inauguração com o governador, mas não fomos convidados para o almoço. Ai nos reunimos em uma chácara, fizemos um assado e decidimos ali que era preciso virar esse jogo, que nossa região precisava de mais atenção e respeito”.

A inauguração em questão era de obras da usina Julio de Mesquita Filho, em Foz do Chopim, e o relato de Jaime Guzzo abriu o evento de celebração dos 50 anos da Amsop, realizado na quinta-feira. A noite teve homenagens e reencontros, já que reuniu ex-presidentes e ex-prefeitos que compartilharam mandatos e há muito tempo não se viam. “Tem muita conversa pra gente colocar em dia”, brincou o ex-prefeito de Francisco Beltrão, João Batista de Arruda.

Desde 1968, 45 presidentes já passaram pelo comando da Amsop, que sempre esteve ligada às pautas de desenvolvimento regional. “No início era a TV, fizemos um esforço através da Amsop pra instalar as torres e buscar o sinal”, comenta Deni Schwartz, segundo presidente da entidade.

Mas as prioridades foram mudando ao longo dos anos: “na minha época já discutíamos uma espécie de reforma tributária e iniciamos um movimento que reverteu uma decisão do governo que afetava drasticamente o ICMS dos municípios”, conta Nelsi Maria ‘Vermelho’, presidente na década de 80 e deputado federal eleito. “A questão que começamos a trabalhar foi do aeroporto regional, elaborando o projeto de viabilidade dos sítios aeroportuários”, resume Vilmar Cordasso, presidente em 2006. “Nosso grande desafio foi iniciar um trabalho que hoje é modelo nacional, que foi o de dar legitimidade legal à Amsop perante o Ministério Público, criando portal da transparência, processos licitatórios e abrindo ainda mais as portas da entidade para a sociedade”, diz Frank Schiavini, de 2017.

Resgate

Toda atuação da Amsop desde sua fundação está retratada em um livro histórico, lançado na noite de comemoração do cinquentenário da entidade. O documento resgata as atividades de cada mandato, as opiniões e versões de ex-presidentes e ainda obras, projetos e ações viabilizadas com apoio da Amsop. Escrito pelo jornalista Ivo Pegoraro, o livro foi patrocinado pela Itaipu Binacional e entregue a participante da cerimônia. Ao longo das próximas semanas, a obra chegará a todos os ex-prefeitos do Sudoeste e suas famílias: são mais de 500.