(46) 3524-2653

amsop@amsop.com.br

Rua Peru Nº 1301 - Miniguaçu

Francisco Beltrão, PR

Seg / Sex: 8h às 17h30

FECHADO AGORA

Notícias

Renascença declara área do futuro aeroporto regional de utilidade de pública

Um decreto publicado ontem pela Prefeitura de Renascença declara uma área de 2,66 milhões de metros quadrados na linha Buriti como de utilidade pública. Esse reconhecimento determina que o poder público poderá desapropriar as terras de forma parcial ou integral, indenizando os proprietários.

O documento assinado pelo prefeito Lessir Canan Bôrtoli deixa claro que a declaração visa a implantação do Aeroporto Regional do Sudoeste e é dividido em dois terrenos. O primeiro seria considerando a área mínima indicada pelos estudos do ITA (Instituto de Tecnologia Aeronáutica) para comportar o aeroporto, com 73 alqueires (540x3320m); a outra é uma área que prevê a ampliação da estrutura, com mais 35 hectares (540x1400m).

“Estamos seguindo os trâmites técnicos para viabilização da obra. Já temos dois estudos técnicos de viabilidade, agora a declaração de utilidade pública e na sequência a assinatura do convênio entre a SAC [Secretaria de Aviação Civil] e Governo do Estado para elaboração dos projetos e posterior desapropriação e construção”, explica o prefeito.

O local fica próximo à comunidade de Baulândia, numa área hoje ocupada por lavoura, às margens da PR-280, à meio caminho de Francisco Beltrão e Pato Branco e foi escolhido com base em critérios da Metodologia de Estudos de Sítios Aeroportuários, em análises in loco de técnicos federais.